Depressão masculina

A depressão é a quarta maior causa de incapacitação por meio de uma doença no mundo. E ela ocupa a segunda posição de principal causa de incapacitação para o grupo de idade de 15-44 anos tanto para o sexo feminino como o masculino.

Comparativamente, os homens são diagnosticados em menor número do que as mulheres, com a taxa sendo de 2:1 em países desenvolvidos.

A razão para esse número pode ser encontrada na relutância que muitos homens têm de vocalizar os problemas que envolvem sua saúde mental e, assim, realizar um tratamento adequado junto com um profissional de saúde.

depressão masculina

Por que a depressão masculina não é frequentemente reconhecida?

Muitas vezes, os sintomas da depressão em homens acabam passando despercebidos. Isso porque, até recentemente, o problema não era visto como tendo implicações específicas em cada gênero. Vários estudos realizados apontaram que homens que estão alinhados a uma visão tradicional de masculinidade são mais propensos a sofrer de depressão e menos inclinados a procurar ajuda.

Um estudo realizado com 14 homens americanos, com idade entre 30 e 51 anos, que foram diagnosticados e tratados para depressão, revelou mais detalhes de como a mente masculina funciona sob a influência da doença. Tópicos como a falta de conexão com outros, sentir-se fora do controle, manter segredos elaborados por medo de ser visto como fraco e culpa por não ser capaz de reverter a situação apareceram nas entrevistas realizadas com os voluntários do estudo.

O doutor Don McCreary, da Rede de Saúde do Homem de Toronto, Canadá, afirma que a negação da depressão por parte de um homem está diretamente relacionada a normas sociais que apresentam como ideal de masculinidade um homem duro, forte e independente.

O que causa a depressão em homens?

Vários são os fatores que podem contribuir com o surgimento da depressão masculina. Na maioria das vezes, a depressão é causada pela combinação de três fatores: genes, química do cérebro e hormônios e estresse.

Genes: homens que apresentam um histórico de depressão na família podem ser mais suscetíveis a vir a desenvolver a doença quando comparado àqueles cujos membros da família não apresentam a doença.

Química do cérebro e hormônios: por meio de ressonância magnética pode-se observar que o cérebro de pessoas com depressão é diferente daqueles que não apresentam a doença.

Estresse: o estresse também pode ser um fator de grande peso para que uma pessoa acabe adquirindo a doença. Perda de um ente querido, um relacionamento difícil ou alguma situação estressante podem desencadear a depressão em homens.

Quais são os sintomas da depressão masculina?

De acordo com o Instituto Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos, os sintomas de depressão masculina podem incluir:

  • Sentimento de tristeza ou vazio;
  • Sentir-se irritável, ansioso ou bravo;
  • Perda de interesse no trabalho, família ou em atividades que antes eram prazerosas, como o sexo;
  • Sentir-se muito cansado;
  • Não ser capaz de se concentrar ou lembrar-se de detalhes;
  • Não ser capaz de dormir ou dormir muito;
  • Comer em demasia ou não comer nada;
  • Pensamentos suicidas;
  • Incapacidade de cumprir com as responsabilidades do trabalho, cuidar da família e de outras atividades.

Os sintomas para a depressão masculina são diferentes, mas não necessariamente excludentes, dos sintomas clássicos de depressão. Abaixo, você pode conferir algumas das especificidades da doença em homens e mulheres.

Depressão MasculinaDepressão Feminina
Culpa outros pela sua depressão.Culpa a si mesma.
Sente-se envergonhado pela depressão.Sente-se culpada pela depressão.
Medo de confrontar fraquezas.Torna-se obsessiva em relação as suas fraquezas.
Volta-se para esportes, TV, sexo e álcool.Volta-se para comida, amigos e necessidades emocionais.

Crise da meia idade e depressão masculina

A taxa de suicídio de homens que estão na meia idade (tipicamente entre 45-64 anos) é três vezes mais alta do que em qualquer outro momento de sua vida. Isso acaba sendo um grande indicador do aumento do risco de depressão neste estágio da vida.

E é nesse estágio da vida que a produção da testosterona cai, podendo causar alguns efeitos adversos. Essa queda na produção de testosterona é chamada de andropausa.

A andropausa, apesar de poder apresentar alguns efeitos similares com a menopausa feminina, os dois são causados por mecanismos diferentes. Baixos níveis de testosterona em homens podem ter influência tanto na memória como no humor. Além disso, alguns dos sintomas da menopausa masculina são:

  • Perda de interesse em atividades habituais;
  • Ganho de peso;
  • Fatiga;
  • Mudanças na libido e na resposta sexual;
  • Depressão, irritabilidade e falta de motivação.

Por apresentar uma maior probabilidade de contrair depressão na meia idade, é muito importante entender os processos que podem levar á doença e assim estar mais bem preparado para enfrenta-los.

Uma causa significativa de depressão nesse estágio da vida é a falta de auto compreensão. Para contornar isso, o psicólogo sul-africano Archibald Hart propõe seguir algumas técnicas.

  1. Mantenha um diário meditativo;
  2. Resolva conflitos de valores que o incomodam há muito tempo;
  3. Encontre novas fontes para fortalecer sua fé em você mesmo.

Depressão masculina tratamento

Geralmente, o tratamento para a depressão masculina pode envolver psicoterapia, medicamentos e atividades que têm como objetivo reduzir o humor depressivo do paciente. Algumas dessas atividades podem ser:

  • Prática regular de exercícios físicos;
  • Dieta balanceada;
  • Buscar contato com sua espiritualidade.

Por apresentarem uma maior resistência na busca de tratamento para a depressão, é importante que os familiares ofereçam todo o apoio necessário para o homem que sofre com depressão. E isso exigirá muita paciência da parte de ambos, mas, com o suporte necessário e o tratamento adequado, a depressão será superada.

“O custo de recusar ajuda para tratar a depressão não é apenas financeiro, por mais alto que ele possa ser, mas pessoal e social”, afirma Archibald D. Hart no livro Unmasking Male Depression, sem tradução para o português. “Famílias são separadas, mesmo destruídas, pessoas queridas são abusadas e a vida acaba sendo desperdiçada. Aqueles que ficam depressivos por muito tempo perdem seus empregos, tornam-se doentes de outras maneiras, fracassam em avançar na escola ou na carreira, tornam-se menos produtivos, e frequentemente acabam se voltando para o abuso de substâncias para diminuir sua dor”.

 

Referências:

HART, Archibald D. Unmasking Male Depression: recognizing the root cause to many problem behaviors, such as anger, resentment, abusiveness, silence, addictions, and sexual compulsions. Nashville: Thomas Nelson, 2001.

EVANS, J., Frank, B., OLIFFE, J.L. and Gregory, D., 2011. Health, illness, men and masculinities (HIMM): a theoretical framework for understanding men and their health. Journal of Men’s Health, 8(1), pp.7-15.

 

Você também poderá se interessar por…

>> As particularidades da depressão em idosos

>>  Benefícios do exercício físico no tratamento para depressão

>> A Depressão pode ser combatida com uma viagem?