ISRS: Inibidores seletivos de captação de serotonina

Os ISRS são medicamentos utilizados principalmente para tratar casos de depressão. Eles são considerados relativamente seguros e causam uma menor quantidade de efeitos colaterais do que outros medicamentos utilizados para tratar a doença.

isrs

ISRS incluem:

  • Citalopram;
  • Escitalopram;
  • Fluoxetina;
  • Fluvoxamina;
  • Paroxetina;
  • Sertralina.

Porém, além de depressão, os inibidores seletivos de recaptação de serotonina também têm seu uso indicado para tratar:

  • Transtorno do pânico;
  • Transtorno de ansiedade generalizada (TAG);
  • Transtorno de Ansiedade social (fobia social);
  • Transtorno Obsessivo compulsivo (TOC).

Possíveis efeitos colaterais dos ISRS:

  • Insonia;
  • Dor de cabeça;
  • Boca seca;
  • Náusea;
  • Aumento ou diminuição do apetite;
  • Aumento do suor;
  • Cansaço, febre;
  • Distúrbios sexuais (retardo ejaculatório, dificuldades de ereção, diminuição do desejo sexual e, em mulheres, dificuldades para chegar ao orgasmo).

É importante destacar que pessoas que tomam os ISRS podem ter uma maior probabilidade de vir a desenvolver pensamentos suicidas. Por isso é essencial um acompanhamento clínico qualificado e o apoio de familiares e amigos.

Mesmo que indicado por seu médico ou psiquiatra, você sempre deve ler todas as informações contidas na bula do seu medicamento. Isso é importante para que você possa estar preparado a identificar possíveis efeitos colaterais e saber quais podem ser as possíveis interações medicamentosas e com outras substâncias (como o álcool).

Duração do tratamento com um ISRS

Os tratamentos realizados com os ISRS são individuais. Portanto, a duração varia de acordo com a gravidade do caso, a resposta do organismo ao antidepressivo e outros fatores que apenas podem ser verificados por um profissional. Algumas pessoas que são propensas a ter casos de recaída de depressão podem acabar fazendo o uso dos medicamentos por muito tempo.

Porém, o tratamento mínimo recomendado é de seis meses.

Você também poderá se interessar por…
>> Depressão masculina

>> A depressão pode ser combatida com uma viagem?

>> 5 locais abertos que ajudam a combater a depressão em Curitiba