Suicídio é foco da Campanha Setembro Amarelo

O tema do suicídio ainda é um tabu na sociedade. Muitas pessoas acham que debater sobre esse mal que afeta milhões de pessoas pelo mundo pode justamente influenciar pessoas que estão lutando contra a depressão.

O fato é que segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) o suicídio no mundo leva mais de 1 milhão de pessoas a óbito. É uma das três principais causas de morte entre pessoas de 15 a 44 anos de idade. Isso sem contar as mortes que são decorrentes de sintomas de depressão, mas que no atestado de óbito aparece como acidente, afogamento, infarto entre outros.

como sair da depressão

Como enfrentar o suicídio

Uma maneira de enfrentar o suicídio é com campanhas como a Setembro Amarelo que promove debates e divulga informações para a população em geral. A maioria das pessoas têm sintomas de depressão e não conseguem reconhecer em si mesmas os problemas.

Muitos problemas psicológicos decorrem de problemas internos: mágoas, traumas, estresse, situações que desequilibram o emocional. Por isso, quem quer saber como sair da depressão, a dica é procurar ajuda em clínicas especializadas.

Sintomas da depressão

  • Negatividade, a pessoa fica sempre se inferiorizando;
  • Tristeza duradoura;
  • Ansiedade;
  • Angústia;
  • Perda da libido;
  • Vontade excessiva de comer ou ignorância total à necessidade de comer;
  • Cansaço para fazer atividades simples;
  • Vontade de morrer;
  • Vontade de ficar sozinha/ reclusão de atividades sociais;
  • Irritabilidade repentina.
  • Insônia
  • Apatia, acídia, desânimo.

 

 

A relação entre suicídio e depressão ocorre quando esses sintomas se tornam insuportáveis e a pessoa sente que não há alternativa se não a morte. É importante lembrar que é uma doença silenciosa. Pessoas próximas podem apresentar sinais e dicas e é nisso que devemos prestar atenção – para mostrar como tratar a depressão apresentando saídas alternativas.

LEIA TAMBÉM  Suicídios poderiam ser evitados com o diagnóstico e tratamento corretos

O que é o Setembro Amarelo?

O movimento Setembro Amarelo é conhecido no Brasil desde 2014, ano em que o CVV (Centro de Valorização da Vida)CFM (Conselho Federal de Medicina) eABP (Associação Brasileira de Psiquiatria) se organizaram para trazer o movimento que chama a atenção para a epidemia de suicídio em coincidência com a data 10 de Setembro – Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.

 

Onde buscar ajuda especializada para depressão?

A Apoio Clínica conta com uma equipe especializada de psicólogos e psiquiatras de Curitiba para ajudar no tratamento da sua depressão ou nos sintomas de suicídio de amigos e familiares.

Dessa forma contribuímos com um mundo com menos mortes em decorrência dessas doenças e apoiamos a Campanha Setembro Amarelo.