Suicídio

O suicídio é uma questão de saúde pública em quase todos os países do mundo. Na sociedade brasileira mais especificamente, são várias as ideias pré-concebidas sobre o assunto. Todos os dias, 32 brasileiros tiram a própria vida. Por essa razão, é de extrema importância falar sobre um assunto que muitas vezes é considerado um tabu.

De acordo com a Associação Brasileira de Estudos e Prevenção do Suicídio (Abeps), o estigma que o suicídio carrega pode impedir sua detecção precoce, o que acaba contribuindo para o aumento das estatísticas. Portanto, a Abeps reuniu uma lista de mitos que estão relacionados com o suicídio e são muitas vezes repetidos por uma grande parte da população.

Mitos relacionados

  • O suicídio é uma decisão pessoal, uma vez que cada indivíduo tem o direito de exercer seu livre arbítrio. Isso é falso porque na maioria das vezes os suicidas estão sofrendo de alguma doença mental que prejudica sua percepção da realidade. Por isso, o tratamento de transtornos mentais é uma solução, pois após o tratamento o desejo de se matar desaparece.
  • Quando uma pessoa tenta se suicidar terá esse risco para o resto da vida. Isso é falso porque, quando eficientemente tratado, o risco de suicídio desaparece.
  • As pessoas que dizem que vão se matar fazem isso apenas como uma forma de chamar a atenção. Isso é falso porque a maioria dos suicidas fala ou dá sinais sobre suas ideias de morte, frequentemente em dias ou semanas antes de cometer o ato.
  • Quando um indivíduo sobrevive a uma tentativa de suicídio ou mostra sinais de melhora significa que ele está fora de perigo. Isso é falso porque a pessoa que fracassa em uma tentativa de tirar a própria vida fica em um estado muito frágil, principalmente após a alta do hospital.
  • É proibido que a mídia aborde o tema. Essa concepção foi há muito tempo considerada como verdadeira, porém hoje a mídia, muito mais do que falar sobre suicídio, deve abordar o assunto de maneira profissional e ética. É muito importante que a população tenha acesso à informações sobre o suicídio e também sobre a sua prevenção e de lugares em que se pode buscar ajuda.
LEIA TAMBÉM  Suicídio é foco da Campanha Setembro Amarelo

 

Suicídio mitos

É importante ter um conhecimento mais aprofundado sobre as questões que levam uma pessoa ao suicídio. Ao reproduzir ideias que fazem parte do senso comum, sem fundamentos científicos, o que se faz é continuar a estigmatizar e tirar a real importância que tem a informação como maneira de prevenir o suicídio.

Você também poderá se interessar por:

>> 7 sinais para procurar um profissional de saúde mental. Leia aqui.

>> 5 filmes sobre transtornos psicológicos. Leia aqui.

>> Dr. Alexandre Karam, Coordenador e Supervisor Técnico da Apoio Clínica, foi entrevistado pelo jornal Bem Paraná sobre o alarmante aumento do índice de suicídios no Paraná. Leia aqui.