Vamos falar sobre acumulação compulsiva?

Você já deve ter visto na TV casos de pessoas que tem as suas casas abarrotadas de objetos, roupas e móveis. Tanto ao ponto de nem conseguirem sair de casa ou entrarem em algum cômodo. Estamos falando de um transtorno de acumulação.

Acumular objetos compulsivamente pode estar interligado com outras patologias psicológicas como depressão, transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), síndrome de Diógenes, cleptomania e transtorno da personalidade obsessivo-compulsiva (TPOC).

Segundo o artigo Transtorno da Acumulação: características clínicas e psicológicas de Diego Rafael Schmidt , Cristina Pilla Della Méa  e Marcia Fortes Wagner, “o comportamento de colecionar e acumular objetos encontra-se presente em todas as populações, variando entre espectros de normal a patológico. Dessa forma, pacientes com TA tendem a guardar e armazenar itens aleatórios, acreditando que esses objetos poderão ter utilidade futuramente e apresentar algum valor financeiro ou afetivo, sentindo-se mais seguros ao guardá-los “ (apud Mataix‐Cols et al., 2010; APA, 2013a, 2013b).

transtorno de acumulação
Foto: Geoff Johnson

O que é a acumulação compulsiva?

Pesquisas estão sendo realizadas para determinar com exatidão. Há estudos que indicam que acumular objetos compulsivamente é um transtorno mental, uma patologia psicológica independente. O tratamento deve ser feito com o auxilio de intervenções terapêuticas com enfoque no comportamento do individuo.

 

Características

O Transtorno da Acumulação (TA) tem como características: a dificuldade em se desfazer de objetos, que vão desde móveis, itens com valor sentimental, cartas até lixo, embalagens de produtos já usados, objetos quebrados.

A compra de utensílios e roupas que não precisa, colecionar itens sem sentido como vidro de esmalte e coletar objetos na rua ou em doações podem ser mais uma característica. Outro fator notável de um acumulador é a desorganização da casa, fato que pode ultrapassar o limite, interrompendo o caminho, a entrada de cômodos e provocando até acidentes.

LEIA TAMBÉM  Parar de fumar definitivamente: técnicas e dicas

 

Sintomas

Segundo a Associação de Psiquiatria Americana as causas da acumulação compulsiva pode incluir:

  • Problemas duradouros com o lançamento ou entrega de bens, independentemente de quanto valha.
  • Os problemas são devidos a uma necessidade percebida de salvar os itens e angústia ligados à separação com eles.
  • Os itens completam, bloqueiam e desordenam os espaços da casa para que não possam ser usados. O uso é dificultado pela grande quantidade de itens.

 

Uma avaliação para acumulação compulsiva pode incluir questões como:

  • Você tem problemas para descartar (ou reciclar, vender ou distribuir) coisas que a maioria das outras pessoas se livraria?
  • Por causa da confusão ou do número de bens, qual a dificuldade de usar os quartos e as superfícies em sua casa?
  • Em que medida você compra itens ou adquire coisas grátis que você não precisa ou tem espaço suficiente?
  • Em que medida o seu acúmulo, poupança, aquisição e confusão afetam seu funcionamento diário?
  • Qual o grau que desses sintomas interferem na escola, no trabalho ou na sua vida social ou familiar?
  • Quanta dificuldade causam esses sintomas?

 

Outras doenças relacionadas

Pode existir uma conexão com outras patologias, como o TOC e sintomas da depressão. Ter todas essas doenças agindo ao mesmo tempo no comportamento do individuo torna o tratamento ainda mais delicado.

Por isso, se você quer sair da depressão ou reconhece em você características de acumular objetos compulsivamente, a dica é: procure uma clínica especializada para averiguar a sua saúde. Ter um diagnóstico prévio pode fazer toda a diferença.

Como evitar acumular objetos compulsivamente
Foto: Geoff Johnson

Referências:

SCHIMIDT, D.R., DELLA MÉA, C.P, WAGNER, M.F. (2014). Transtorno da Acumulação: características clínicas e epidemiológicas. Revista CES Psicología, 7(2), 27-43. Disponível em: < http://www.scielo.org.co/pdf/cesp/v7n2/v7n2a04.pdf > Acesso em: 25 jun. 2017.

LEIA TAMBÉM  Como Parar de Fumar

What Is Hoarding Disorder?. American Psychiatric Association. Physician Review. Ranna Parekh, M.D., M.P.H. Novembro 2015. Disponível em: <  https://www.psychiatry.org/patients-families/hoarding-disorder/what-is-hoarding-disorder > Acesso em: 28 jun. 2017.

 

>> 5 Sintomas menos conhecidos de Ansiedade

>> Como Parar de Fumar