Depressão: sinais, sintomas e tratamento

A depressão é o resultado de interações complexas de fatores sociais, psicológicos e biológicos. Pessoas que passaram por eventos adversos pela vida, como desemprego, traumas psicológicos ou luto, estão mais propensas a desenvolver depressão.

  • De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS)¹, a depressão é uma doença mental comum que afeta mais de 300 milhões de pessoas no mundo e de todas as idades.
  • A depressão é a principal causa de invalidade em todo o mundo. A OMS também afirma que as mulheres são mais afetadas pela doença do que os homens.
  • Nos piores cenários, ela pode levar ao suicídio.
  • Existem tratamentos eficazes para a depressão.

 

Sinais e sintomas da depressão:

  • Humor persistente triste, ansioso ou “vazio”;
  • Sentimentos de desesperança ou pessimismo;
  • Irritabilidade;
  • Dificuldades de concentração;
  • Ansiedade;
  • Alterações no apetite e no sono (redução ou aumento);
  • Sentimentos de culpa, inutilidade;
  • Perda de interesse ou prazer em hobbies e atividades;
  • Diminuição da energia ou fatiga;
  • Sentir-se inquieto ou ter problema em ficar parado;
  • Dificuldade em dormir ou dormir demais;
  • Mudanças na apetite e/ou mudanças de peso;
  • Pensamentos de morte ou suicídio, ou tentativas de suicídio.

É importante notar que nem todos que estão depressivos apresentam todos os sintomas acima descritos. A severidade e a frequência dos sintomas e quanto tempo eles duram variam de acordo com o indivíduo e sua particularidade com a doença. ²

A depressão, mesmo nos casos mais severos, pode ser tratada. Quanto mais cedo o tratamento começa, mais efetivo ele será. A depressão geralmente é tratada com medicamentos aliado à psicoterapia.³

depressão

Antidepressivos

Os antidepressivos são medicamentos utilizados para tratar a depressão. Eles podem ajudar melhorar a maneira com que o cérebro utiliza certos produtos químicos para controlar o humor ou o estresse 4.

LEIA TAMBÉM  Depressão e desânimo atingem 59% dos desempregados, diz pesquisa

Os antidepressivos levam tempo para funcionar, geralmente de 2 a 4 semanas. E durante esse período as pessoas que o utilizam podem experimentar vários efeitos colaterais do medicamento, como sonolência, mudanças no apetite, problemas de concentração. Porém, após o tempo necessário, os efeitos adversos começam a desaparecer.

É muito importante que a pessoa com depressão sega rigorosamente o tratamento indicado por seu médico. Para de utilizar esse tipo de medicamento abruptamente pode causar sintomas de abstinência.

“Na depressão, a falta de significado de cada empreendimento e de cada emoção, a falta de significado da própria vida se tornam evidentes. O único sentimento que resta nesse estado despido de amor é a insignificância”.  Andrew Solomon, em O demônio da meia-noite: uma anatomia da depressão (Companhia das Letras, 2014).

 

¹ http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs369/en/

² http://lifestyle.publico.pt/noticias/377396_vamos-falar-sobre-depressao

² https://www.nimh.nih.gov/health/topics/depression/index.shtml

³ https://www.nimh.nih.gov/health/topics/depression/index.shtml#part_145399

4 https://www.nimh.nih.gov/health/topics/depression/index.shtml#part_145399